23.7 C
Paramirim
7 de março de 2021
Início Cultura Vídeo da Grande Romaria 2016 do Morro do Fogo

Vídeo da Grande Romaria 2016 do Morro do Fogo

Assista ao Vídeo:

Grande Romaria 2016 do Morro do Fogo

Todos os anos a comunidade de Morro do Fogo em Érico Cardoso, na Bahia, comemora a sua padroeira Nossa Senhora do Carmo. Uma romaria que cresce ano após ano, a maior da região do Vale do Paramirim. Para cá veem romeiros de várias partes do Brasil. A festa é realizada nos dias 15, 16 e 17 de julho. Neste ano de 2016 aconteceu em uma sexta, em um sábado e em um domingo.

A estrada que dá acesso à comunidade é de terra. A poeira não incomoda nenhum romeiro, pelo contrário, faz parte da aventura. Motoristas e motociclistas percorrem o trecho de serra com muita alegria e fé na padroeira. Alguns romeiros vão ao Morro para participarem da romaria a pé, pagando promessas recebidas ou fortalecendo promessas ainda a ser realizadas.

No Morro do Fogo, conforto é coisa para poucas pessoas. A romaria exige de seus romeiros um pouco de resistência. A barraca de camping é uma boa solução para um cochilo após a festa da noite anterior.

Uma das marcas da comunidade do Morro do Fogo é o garimpo do ouro. As grutas no alto da serra são um atrativo para visitação. A principal delas é a gruta do Pereira, uma das primeiras a ser escavada, isso nos primórdios da nossa região. Do alto da serra tem-se uma visão panorâmica da comunidade.

Em um recinto da igreja, há nas paredes painéis e quadros com fotos de romeiros que já participaram da Romaria do Morro do Fogo. Fotos de animais que foram curados em pedidos feitos pelos devotos. Esta sala é muito visitada pelos romeiros.

O Morro do Fogo tem suas peculiaridades, uma delas é o sobe e desce do povão. Haja pernas para subir e descer as íngremes ruas da localidade. O vai e vem segue pelos três dias, durante o dia e até de noite. Haja fôlego.

O sanfoneiro e os músicos populares não podem faltar nesta tradicional festa. A batida forte deles anima qualquer peão. Quando o sanfoneiro passa sai a arrastar o povão no embalo das músicas populares. Muita alegria e diversão nas manhãs ensolaradas e quentes do nosso rincão abençoado por Nossa Senhora do Carmo.

No início da manhã do dia 16, há a primeira Missa na Igreja, preparação para a principal celebração, esta campal, às dez horas, do lado direito do templo.

Do lado de fora do templo uma multidão enfrenta o forte calor para assistir à missa em homenagem a padroeira Nossa Senhora do Carmo. Neste ano, o Padre Samuel Neves Silva e o Seminarista Jean Santiago presidiram a celebração. Fiéis e devotos cantaram e rezaram pedindo proteção e bênção a padroeira. Uma festa linda.

Após a missa, a multidão sai em passos lentos formando a grande e bonita procissão. Os dois andores vão conduzidos pelos romeiros, a cruz vai à frente do cortejo, seguida logo atrás pelas bandeiras seguradas pelos festeiros do ano. O Padre conduz os romeiros cantando e rezando em louvor a padroeira Nossa Senhora do Carmo.

Quando a procissão retorna à igreja, os andores são reverenciados pelos fiéis, todos desejosos de tocar nas imagens, formular uma promessa, fazer um Pai Nosso, ou mesmo apanhar uma singela flor ou um ramo de folhas para levar para abençoar a casa e os familiares.

Os paredões de som atraem a juventude. Cada grupo leva seu carro equipado com um pesado e potente som. Por todos os lados, a música alta alegra os jovens que dançam e se divertem na melhor e mais animada romaria do Sudoeste baiano.

Os blocos são um show à parte. Cada grupo se prepara para os dias intensos de festa. Uma romaria que testa a resistência dos romeiros. Muitos que aqui veem sequer dormem, outros sequer tomam banho. Uma festa diferente de todas as outras, algo que só se ver na festa do Morro.

Um fato que nos chamou a atenção foi o bater do sino. Dois senhores se revezavam na árdua tarefa. Assim que deu início à Procissão, eles começaram a badalar o sino, terminando com o retorno da multidão, durou por cerca de trinta minutos.

A fé e a devoção dos romeiros é gigantesca. Rezar ao pé do altar ou do andor com a santa, fazer um pedido, uma promessa, tarefa de todo bom romeiro. Agradecer por uma promessa realizada e pedir por uma causa difícil trazem ao Morro do Fogo pessoas de várias cidades da região e até de outros estados do Brasil.

O que acabamos de mostrar neste pequeno e sugestivo vídeo é apenas um pouquinho desta festa que encanta todo o povo da nossa querida região. A Romaria do Morro do Fogo vem crescendo em importância para a cultura da cidade de Érico Cardoso no decorrer dos anos. Esta é, sem dúvida alguma, a maior festa do município. Com os seus atrativos: a poeira, a aventura, a estrada de terra, o rio e a sua água gelada, a festa religiosa, a festa profana, a bebedeira, o som alto dos carros, o dormir em barracas, o divertimento entre colegas fazem desta festa algo único. Quem conhece ama, quem não conhece a romaria do Morro do Fogo que venha no próximo ano prestigiar e curtir a melhor romaria do mundo.

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

5,996FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos