24.9 C
Paramirim
3 de junho de 2020
Início Sem categoria Respeite o Capitalismo

Respeite o Capitalismo

Em que mundo vivemos. Estamos metidos numa bolha chamada Capitalismo. Neste globo o capital impera como rei supremo. O jogo é jogar com as regras do ganhar, investir, lucrar, trabalhar, movimentar constantemente. É o melhor dos sistemas? Dos existentes, sim. Haveria outra forma de transformação social que gerasse mais riqueza e maior bem-estar social? Até o momento nenhuma mente brilhante formulou tal conceito.

A regra primordial do Capitalismo é girar seus eixos, suas correntes, suas rodas. A velocidade do trabalho é o que dá sustentação ao sistema. Quanto mais se transforma e gera riqueza mais robusto fica a sociedade regida nestes moldes.

Para o Capitalismo a preguiça, o descanso, as greves, as paralisações do trabalho é como um vírus devastador que contamina toda a cadeia de produção adoecendo a capacidade de geração de riqueza levando sua estrutura a pobreza rapidamente. A energia dos seres é o combustível para a máquina funcionar ininterruptamente. Enfraquecer os meios de produção acarretará em pobreza, em desemprego, em crise social.

Vivemos neste meio a flutuar como o peixe dentro da água sem nos darmos conta do que acontece em nossa volta. Se a água evapora, se a água fica contaminada, muitos peixes morrem; com o Capitalismo acontece o mesmo, quando falta energia de produção os indivíduos mais frágeis são eliminados do jogo.

Neste tempo de crise do Coronavírus, esta praga que veio testar a capacidade dos líderes em resolver problemas até então adormecidos no fundo do oceano irá marcar o grau de amadurecimento do Capitalismo como sistema regente da sociedade atual. Muitos sonham com outros tipos de sistemas, eles apenas sonham em reinar soberanos com a espada a impor suas imaginações fútil aos demais. O bom do Capitalismo é que há uma apresentação de ideias, conceitos, opiniões que fazem o sistema se fortalecer, cada agente é um porta-voz ativo de fortalecimento. Concentrar tudo em apenas um ditador é lançar o mundo num caos sem precedente.

Neste momento de convulsão em que nossa sociedade foi lançada, trabalhar os pontos centrais de produção é de suma importância. A vida para ser preservada precisará que o Capitalismo esteja girando suas peças, nunca parando por completo. Parar todas as atividades é o mesmo que lançamos gasolina ao fogo e esperar que o caos da explosão não aconteça. Bom-senso aos Governantes. Precisamos apagar o pânico que foi gerado com a chegada do vírus. Teremos que aprender a conviver com tais abalos e deles tirarmos conselhos para novas crises que nos esperam no futuro. A vida se faz de desafios, este é apenas mais um teste para o Capitalismo, para a vida humana. No final venceremos e sairemos mais fortalecidos. Então vamos colaborar e fazer a nossa parte.

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

6,004FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos