30.5 C
Paramirim
25 de outubro de 2020
Início Érico Cardoso História de Érico Cardoso

História de Érico Cardoso

Para entender a história de Érico Cardoso, antiga Água Quente, precisamos saber um pouco da história de Rio de Contas, cidade da qual partiram os primeiros desbravadores da região.

Rio de Contas surgiu no século XVII, quando escravos alforriados e fugidos fundam o povoado conhecido como “Arraial dos Crioulos”, descoberto em 1681. Este povoado, na última década daquele século, se torna um ponto de pouso para viajantes vindo de Minas Gerais e Goiás que seguiam rumo a Salvador.

Em 1710, o bandeirante paulista Sebastião Pinheiro Raposo descobre ouro em Rio de Contas. Entre 1715 e 1720, exploradores partem para explorar os “sertões” de Rio de Contas, descobrindo ouro no Morro do Fogo.

A descoberta de ouro no Morro do Fogo atrai forasteiros para região, principalmente portugueses, mas também baianos. Surgem os primeiros povoados e fazendas da região.

Por volta de 1820, surge o Arraial do Morro do Fogo, o qual, por volta de 1840, recebeu mineradores vindos de Minas do Rio de Contas (hoje Rio de Contas), por causa da decadência da mineração lá. Esses mineradores encontram ouro naquele povoado, o qual cresceria e alcançaria algum progresso. Em vista disso, em 29 de maio de 1843, a Resolução n° 200 cria a Freguesia de Nossa Senhora do Carmo do Morro do Fogo, subordinada a Minas do Rio de Contas.

Na segunda metade do século XIX, o ouro do Morro do Fogo acaba. Como consequência, o povoado começa a se esvaziar, com seus habitantes se instalando em fazendas ao longo do Rio Paramirim ou criando núcleos populacionais agrários na região, como o Arraial de Água Quente (atual Sede de Érico Cardoso), que foi fundado e se desenvolveu rapidamente nas terras da fazenda do coronel Liberato José da Silva, em virtude da presença de águas termais, daí o nome do povoado, para onde foi transferida a sede da Freguesia do Morro do Fogo, pela Resolução provincial n° 1.460, de 23 de março de 1875.

A Lei Provincial n° 1.849, de 16 de setembro de 1878, eleva a Freguesia de Nossa Senhora do Carmo do Morro do Fogo à categoria de vila, com o título de “Industrial Vila de Água Quente”, precursora do município de Paramirim. No entanto, entre 1881 e 1890, a vila estava extinta e pertencente a Minas do Rio de Contas, tendo alcançado sua emancipação em 24 de março de 1890.

Em 1898, o capitão Antônio José Cardoso, abastado comerciante em Água Quente, foi nomeado seu intendente. Com a sua morte, em 1902, a sede da Industrial Vila de Água Quente é transferida para o Arraial do Ribeiro (hoje a sede de Paramirim), pela Lei estadual n.° 460, de 16 de julho daquele ano. Os motivos da transferência foram: o maior desenvolvimento do Arraial do Ribeiro e por acharem melhor localizado geograficamente. Após este fato, o distrito de Água Quente veio a ser palco de dolorosos acontecimentos políticos. Em 1911, o distrito de Água Quente já figurava como distrito do município de Paramirim.

A Lei Estadual n.º 1.659, de 5 de junho de 1962, desmembra de Paramirim o distrito de Água Quente, o qual foi elevado à condição de município, tendo sido instalado em 7 de abril do ano seguinte, data na qual se comemora o aniversário do município.

A Lei Estadual nº 4.483, de 15 de julho de 1985, altera o topônimo do município de Água Quente para Érico Cardoso, em homenagem a Érico Cayres Cardoso (1918 – 1984), prefeito de Paramirim na década de 1950 e primeiro prefeito do município de Água Quente.

Atualmente, Érico Cardoso conta com cerca de 11 mil hab., sendo um município muito rural: atualmente, cerca de 20% (1/5) da população do município vive na zona urbana, sendo este o município mais rural da Bacia do Paramirim, mas não o mais atrasado. A população do município, nos últimos anos, está diminuindo.

Referências

http://www.focadoemvoce.com/noticias/a-hhttps://www.paramirimeventos.com.br/tres-irmaos-tres-prefeitos-em-tres-cidades-diferentes/istoria-de-paramirim/ 

https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/bahia/ericocardoso.pdf

https://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%89rico_Cardoso

Observação: O autor do texto não quis se identificar. Desde já o agradecemos por colaborar com o nosso Site.

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

5,996FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos