29.2 C
Paramirim
1 de fevereiro de 2023
Início Caatinga Como Não Amar O Sertão - Poesia

Como Não Amar O Sertão – Poesia

Assista ao Vídeo:

Como não amar o nosso Sertão

Carrego-o sempre em meu coração

Não cansarei nunca de repetir

Este amor que tanto sinto por ti.

***

Terra de muitas riquezas

De exuberante e rica natureza

Cortada pelo sol tropical

Com o frescor de brisa matinal.

***

Nesta terra canta o bem-te-vi

Cantam muitas outras aves por aqui

As árvores fortes resistentes

São de uma beleza ardente.

***

Sou filho deste ressequido lugar

Minhas raízes não podem arrancar

Sou sangue deste belo coração

Destemido e forte eu sou o Sertão.

Autor: Luiz Carlos Marques Cardoso.

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

5,996FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos

Espirradeira A Planta

As Aves Acordando Na Lagoa

Casaca De Couro Da Lama Por Quê?

Pombinha Cantando