29.5 C
Paramirim
25 de fevereiro de 2021
Início Fotos Antigas COMO COMEÇOU O CARNAVAL EM PARAMIRIM - Por Antônio Gilvandro

COMO COMEÇOU O CARNAVAL EM PARAMIRIM – Por Antônio Gilvandro

Na década de 1930, iniciou-se o primeiro passo do Carnaval de Paramirim. De uma maneira muito acanhada, um pequeno grupo arriscou-se em partir para essa infante experiência. Vendo que na Capital já havia grande desenvoltura, assim como umas poucas realizações aconteciam, começou-se aqui em forma de Entrudo. Muito embora este houvera sido proibido em 1841, em muitos lugares realizavam-no, até meados do século XX. E de que se tratava? Eram brincadeiras onde as pessoas saiam às ruas sujando as outras com barro, lama, urina, até leite coalhado! Três dias essas brincadeiras se espalhavam por todo canto, sem que houvesse revide ou violência. Entretanto, em nosso Arrayal criaram uma diversão nova. As moças idealizaram umas bolas de parafina, nas quais enchiam-nas de perfume. Daí saiam à procura da pessoa amada ou a quem desejava conquistar e batia nas costas dela, quebrando-as e o perfume espalhava sobre a pessoa escolhida! Era algo tão sem malícia que assemelhava a uma criancice! Bebidas alcoólicas, jamais! A partir de 1940, até mesmo essa diversão paralisou-se! O Carnaval sofreu grande pressão aqui, razão desse hiato de quase 10 anos! É que a mentalidade religiosa dantes, durante e depois, era profundamente hostil a essa celebração. Como eu já disse, viam-na como uma festa diabólica, como se dizia no popular, “uma festa do cão”! Entretanto, o tempo foi passando e as mentes abrindo-se, com a chegada de outras cabeças com outros conceitos. Veio Dr. Sena Moreira, Juiz de Direito, em fins dos anos 40, impregnando na inteligência popular a promoção de vários costumes sadios, derrubando destarte ideias preconceituosas, donde ressurgiu o Carnaval que, ao longo dos anos, chegou até nós. Dr. Sena Moreira foi o precursor da folia. Surgiram os blocos da Nega Maluca, como porta- bandeira França Batista, e as Holandesas, pele bela loura Yolanda Pina. Foi assim o nascer de nosso Carnaval! Sempre só alegria!!!

Texto: Antônio Gilvandro Martins Neves.

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

5,996FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos