20.1 C
Paramirim
1 de março de 2021
Início Entrevistas Bate Papo com Dona Nice E Edesia

Bate Papo com Dona Nice E Edesia

Dona Nice, Edésia, Raimundo Sucupira

Dando seguimento aos nossos Bate Papos, desta vez passamos pela residência da senhora Eonice Martins Leão, mais conhecida por Dona Nice. Na ocasião a senhora Edésia Alves do Nascimento também participou do nosso bate papo, porém em outra oportunidade estaremos na casa dela para que a mesma nos conte sobre a sua trajetória em Paramirim. Assista ao vídeo e conheça um pouco da nossa cidade no passado dos Reisados e do Teatro. Dona Nice é uma mulher cheia de cultura que fez muito pela nossa querida cidade.

Agradecemos as senhoras Eonice Martins Leão e Edésia Alves do Nascimento por nos ter ensinado um pouco mais sobre a bela história de Paramirim.

Agradecemos também a Raimundo Sucupira por ter nos ajudado na filmagem.

Assista ao Vídeo:

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

1 COMENTÁRIO

  1. Quando sugeri a vocês alguns nomes de pessoas,para serem entrevistadas,me ncionei o de D.Nice,por ter certeza que seria muito interessante,ouví-la contando suas memórias.Estas músicas são de sua autoria.Participei de quase todas as apresentações,pena ela não ter lembrado….fui a carioca,na dança dos Estados,a Ametista na dança das Pedras Preciosas,Itaparica na dança das Praias e outras mais.Sempre presente nos festejos de Paramirim,Nice escrevia peças teatrais excelentes.Tenho um caderninho com as músicas de sua autoria,faz parte do meu acervo de recordações.Ela faz o melhor quentão das festas juninas.Pessoa de grande valor e belo coração.Amiga amorosa de minha querida mãe,confidentes,irmãs.Considero-a como uma tia.Seus filhos foram criados dentro de nossa casa e nós na casa deles.Éramos ou melhor ,ainda somos ,meio-irmãos.Foi muito bom ouvir sua voz,ainda forte entoando suas cantigas,é de valor imensurável estes depoimentos.Que pena não ter mamãe e papai presentes….também eles falando de suas experiências,teria sido muito enriquecedor.Mas,c’est la vie,.Parabéns sempre,Bill,você e Sucupira merecem aplausoS novamente.

Deixe uma resposta para Jussara rosario Cancelar resposta

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

5,996FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos