24.8 C
Paramirim
24 de outubro de 2020
Início Paramirim A MÃE DOS BRASILEIROS – NOSSA SENHORA APARECIDA – Por Antônio Gilvandro

A MÃE DOS BRASILEIROS – NOSSA SENHORA APARECIDA – Por Antônio Gilvandro

Hoje, precisamente 12 de outubro, os 8.516.000 km², área territorial do Brasil, transforma-se num imenso coração para celebrar esta data, de tanto valor histórico e sentimental, qual seja a festa maior dos brasileiros: o DIA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA, Padroeira principal de nossa Pátria. Tudo começou, quando três humildes pescadores, João Alves, Domingos Garcia e Felipe Pedroso, saíram com a missão de trazer um grande número de peixes. Ao lançarem a rede ao Rio Paraíba do Sul, na antiga vila de Guaratinguetá, após várias tentativas assim, João Alves puxou um pequeno objeto. Era o corpo de uma santa, sem a cabeça. Os pescadores concordaram que se tratava de uma imagem de Nossa Senhora. Navegaram mais um pouco e, lançando novamente a rede, puxaram outro pequeno objeto. Era a cabeça da santa, que se encaixou perfeitamente ao corpo. Com a escultura depositada no barco, os pescadores atiraram a rede, mais outra vez, e ela voltou repleta de peixes. Ao final da pescaria, Felipe Pedroso levou a escultura para casa, perto onde foi encontrada. Seu filho construiu um altar rústico, onde a família passou a rezar o terço. Em 1745, foi erguida a primeira capela no alto do Morro dos Coqueiros, que se tornou local de peregrinação. Por ter aparecido do fundo das águas, os fiéis se referiam à imagem como Nossa Senhora Aparecida. Os relatos de outros milagres e a fluência, cada vez maior dos féis à capela, fizeram com que fosse criada uma freguesia de Guaratinguetá, batizada de Capela de Aparecida. Em 1888, a santa e o povoado ganharam uma igreja maior, conhecida hoje, como Basílica Velha ou Matriz. Quarenta anos mais tarde a Terra da Padroeira emancipou-se de Guaratinguetá. Em 16 de julho de 1930, o Papa Pio XI proclamou Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil, em lembrança do encontro da imagem no rio. A cidade de Aparecida seguiu com sua história de fé e, em 1955, deu-se início à construção do Santuário Nacional, onde se encontra hoje, no pedestal sagrado a verdadeira imagem da Mãe dos Brasileiros. Em 1953, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), determinou que a festa da Padroeira fosse celebrada, no dia 12 de outubro, por ser a data do descobrimento da América, por Cristóvão Colombo, e da comemoração do DIA DAS CRIANÇAS, além, claro, por ser outubro o mês do encontro da imagem, no Rio Paraíba, no ano de 1717. Dessa forma, a cidade de Aparecida, no estado de São Paulo, é o local, onde pulsa o coração de nosso País. Ali, encontra-se perenemente a peregrina imagem da Patrona de nossa Pátria! E como a nascente de um caudaloso rio, espalha as águas de copiosas bênçãos a todos aqueles que imploram a sua intercessão. Modesta, confeccionada em terracota (barro cozido), ela vislumbra a vida nacional, implorando a seu Divino Filho as graças necessárias para acudir os anseios de todos nós, seu povo. De cor escura, a sua negritude vem comprovar que Ela desceu à humildade de seu povo, igualando-se àqueles que a sociedade de consumo costuma considerar como zés-ninguém da vida! Aquele ícone sagrado nada mais é que um apelo a todos que se consideram os superdotados da comunidade, mostrando-os que todos somos iguais perante a Deus e às leis, como preceitua o artigo 5º da Constituição Federal. A sua aparente pequenez esclarece a todos nós que “a humildade é sinônimo de grandeza, pois só os humildes sabem subir e descer”, como afirmara a doutora Santa Teresa de Ávila. O notável pensador Rabindranath Tagore asseverou que “Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza.” Dessa forma, a festa de Aparecida que, hoje como alhures comemoramos, não é somente uma oportunidade para procedermos às nossas petições. Ela é um apelo, um desafio, um momento de meditarmos que grandeza nunca foi sinônimo de força! Ela é um NÃO àqueles que se entrincheiram nos seus falsos valores, passando a oprimir, a esmagar,  a pisotear a honra das pessoas, como se foram um “outro deusinho” a comandar a terra! Engano! Conquista-se mais com a simplicidade do que com o azorrague em riste!

“A prepotência é a forma mais covarde de comando” di-lo Newton Fernandes, um dos mais promissores jornalistas de sua geração. Em analisando a mensagem de Maria, contida no Magnificat, no Evangelho de Lucas, cap. 1, 52, Ela o disse categoricamente : “Derrubou os poderosos de seus tronos, mas exaltou os humildes”… Assim, nesta visão, a gente passa a abraçar a religião, convicto de que ela é um meio de libertação e não um “refugium peccatorum”, em que tantos a utilizam para justificar a pobreza de sua vida espiritual e missionária! Todavia, a data mariana d´agora entrelaça-se com outra comemoração que, na realidade, completam-se! Doze de outubro também é o DIA DA CRIANÇA! Foi oficializado para o dia 5 de novembro de 1924, pelo presidente Artur Bernardes, e, desde ali, prossegue essa comemoração. E o que traduz uma criança? Não é o coração puro, sem ódios, sem revanches, sem desforra, sem vindita?! Portanto, coaduna-se muito bem a celebração de seu dia ao da Mãe Aparecida! Não se compreende a criança sem a mãe e não há mãe sem se ter criança! Duas realidades que se entrelaçam e que são um desafio à instalação de tantos! Já se disse Abraham Lincoln como também Victor Hugo “a mão que embala o berço, embala o mundo”. E como o disse Friedrich Novalis: “A criança é o amor que se faz visível.”Diante dessa realidade incontestável, há aqui dois vetores que devem amoldar e direcionar nossas vidas. A Mãe e a Criança! A Mãe da Conceição Aparecida que quis nascer negra para sobrelevar aqueles que, por questão de pele, são subestimados e humilhados, por tantos tempos em fora, como se o valor da pessoa humana se condicionasse á cor branca, morena ou escura! O valor do homem está em ser útil a alguém. A Criança, que, no seu Estatuto, art. 3º, “goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana”, tem acima de todos os atributos o halo da pureza, do coração desarmado, a ausência da gula de incalculáveis lobos humanos que não se contentam com o que têm, querendo mais, mais e mais!”

Em meditando nestas duas realidades, constatamos, sem sombra de dúvidas, que o mês de outubro, além de ser uma sucessão de dias, é-o uma convocação! O que se celebra nele, apela-nos naturalmente para uma vida melhor e mais digna, como também para um mundo de paz, de solidariedade e de concórdia! Nele, podemos observar que, na prática, dois vultos sintetizam o que contém nas celebrações. Faz-me recordar de CECÍLIA MARIA DE MAGALHÃES, mulher paramirinhense, que, há 112 anos, partiu, no dia 2 de outubro de 1908, para a realidade celeste maior, a qual foi considerada a Mãe dos Pobres de nossa Comunidade, pelo seu desvelo e altruísmo. Podemos defini-la como a “Matadora da Fome!” Já bem recentemente, há 03 dias, foi beatificado o jovem italiano CARLO ACUTIS, falecido no dia 12 de outubro de 2006, com apenas 15 anos de idade, que revolucionou o mundo com os primores de uma vida dedicada aos pobres e sofredores. Por isso, recebeu do Papa Francisco o título de “Padroeiro da Internet”. Que todos eles dois sejam um gigante testemunho para nossa vida ensimesmada, sempre voltada para nosso próprio ego, aspirando a futuros que nos são estritamente convenientes! A todas as nossas Crianças negras, brancas, de qualquer cor, um beijo muito afetuoso no coração. MÃE APARECIDA, dá-nos o vosso Filho para que seja nosso eterno companheiro, a nossa única e absoluta Esperança!

Antônio Gilvandro Martins Neves

Advogado- Paramirim-Bahia

Luis Carlos Billhttps://focadoemvoce.com/
Luiz Carlos Marques Cardoso (Bill) trabalha de forma amadora com fotografia e filmagem. Ele gerencia atualmente dois sites: um de notícias e um pessoal. Está presente nas redes sociais, como no Instagram e Facebook, e tem um canal no YouTube com uma variedade grande de vídeos referentes à região da Chapada Diamantina e do Sertão brasileiro. Sua formação profissional é a de Contador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Fique Conectado

5,996FãsCurtir
3,600SeguidoresSeguir
105,000InscritosInscrever

Anuncie Aqui

Anunciando sua marca, produto ou serviço nesta página você terá a garantia de visibilidade entre usuários qualificados. São mais de 15.000 usuários únicos e 200.000 visualizações mensais.

Mais Artigos