Certas Palavras
  • Usa-se Mau e Mal:
1 Mau: pode ser tanto adjetivo quanto substantivo (substituir por bom)

Ex: Marcos é um rapaz mau.
Marcos é um rapaz bom.

2 Mal: pode ser advérbio, substantivo e conjunção (substituir por bem, apenas, ou logo que).

Ex: Marcos é um rapaz que pratica o mal.
Marcos é um rapaz que pratica o bem.
  • Uso do Porque.
1 Por que: pode ser pronome relativo, pronome interrogativo ou pronome indefinido (substituir por pelo qual)

Ex: Não sei a razão por que Marcos não veio.
Por que Marcos não veio?
Não sei por que Marcos não veio.

2 Porque: pode ser conjunção subordinada causal ou coordenativa explicativa (substitui por porquanto ou pois).

Ex: Marcos apareceu porque era obrigação dele.

3 Porquê: pode ser apenas substantivo.

Ex: Não sei o porquê da sua revolta.

4 Por quê: usa-se apenas em finais de frases interrogativas direta (é pronome interrogativo).

Ex: Marcos saiu da festa por quê?
  • Usa-se A, À, HÁ.
1 A: usa-se o a em tempo futuro ou quando se fala em distancia.

Ex: Irei para praia daqui a dois dias.
O supermercado fica a três quarteirões da minha residência.

2 À: locução adverbial de tempo.

Ex: Irei à noite.

3 Há: usa-se quando se refere a tempo passado (troca por faz ou existe).

Ex: Eu fui há dois anos à cidade onde nasci.
Na minha casa há dois gatos.
  • Este, Esse, Aquele.
1 Este: perto de quem fala, tempo presente, aqui.

Ex: Este relógio foi presente de meu pai.

2 Esse: perto daquele com quem se fala, tempo passado ou futuro, aí.

Ex: Esse carro é seu?

3 Aquele: distante de quem fala e daquele com quem se fala, lá ou ali.

Ex: Aquele prédio mora Ronaldo.
  • Sessão, Seção, Secção, e Cessão.
1 Sessão: Espaço de tempo que dura a reunião de um corpo deliberativo, consultivo, etc.

Ex: Marcos estava na sessão da Câmara de Vereadores.

2 Seção: Divisão ou subdivisão de obra, tratado, estudo.

Ex: Marcos passou pela seção de brinquedos da loja.

3 Secção: corte ou divisão.

Ex: Ocorreu a secção da merenda escolar.

4 Cessão: ato de ceder.

Ex: Fez a cessão da mala para Marcos viajar.
  • Onde e Aonde.
1 Onde: em que lugar, no qual lugar, quando, enquanto.

Ex: Onde deixei minha mala?

2 Aonde: a que lugar, a algum lugar.

Ex: Aonde irei.
  • Infligir e infringir.
1 Infligir: aplicar (pena, castigo, repreensão) ou produzir (dano, incômodo, prejuízo).

Ex: Infligiu duras penas aos grevistas.
As fortes chuvas infligiu em grandes perdas aos pecuaristas.

2 Infringir: violar, quebrantar, transgredir, postergar; desrespeitar.

Ex: Marcos infringiu a lei.
  • Ante e Anti.
1 Ante: anterioridade.

Ex: A chuva passou ante da meia-noite.

2 Anti: contrario.

Ex: anti-social, anti-religioso.
  • Censo e Senso.
1 Censo: contagem.

Ex: O censo do ultimo ano revelou uma taxa de cinco por cento a mais de divórcios.

2 Senso: Juízo, tino, siso, discrição, circunspeção.

Ex: Marcos tinha um senso de humor fora de sério.
  • Cumprimento e comprimento.
1 Cumprimento: saudação.

Ex: Marcos cumprimentou o irmão.

2 Comprimento: medida.

Ex: Qual o cumprimento da mesa?
  • Sela e Cela.
1 Sela: arreio para montaria.

Ex: Coloquei a sela no cavalo.

2 Cela: cárcere.

Ex: Cela foi feita para preso.
  • Afim e A fim.
1 Afim: parente, afinidade.

Ex: Marcos e Paula são afins.

2 A fim: desejo.

Ex: Marcos está a fim de Paula.
  • De mais e Demais.
1 De mais: diferente de menos.

Ex: Não tem nada de mais em comer uma pizza.

2 Demais: muito.

Ex: Marcos come demais.
  • Abaixo e A baixo.
1 Abaixo: embaixo.

Ex: Abaixo da mesa está o embrulho.

2 A baixo: até embaixo.

Ex: Marcos olhou Paula de alto a baixo e soltou um suspiro.
  • Tampouco e Tam pouco.
1 Tampouco: nem.

Ex: Marco não foi e tampouco eu.

2 Tão Pouco: muito pouco.

Ex: Marcos sai tão pouco.
  • Conquanto e Com quanto.
1 Conquanto: embora.

Ex: Marcos pediu um refrigerante conquanto sem nem um tostão.

2 Com quanto: quantidade.

Ex: Com quanto dinheiro eu compro o hotel.
  • Mais e Mas.
1 Mais: advérbio de intensidade ou pronome indefinido.

Ex: Esta casa vale mais que a do seu irmão.

2 Mas: conjunção coordenativa adversativa (porém, contudo, todavia).

Ex: Marcos passou na prova, mas foi péssimo em redação.
  • Senão e Se não.
1 Senão: substantivo, diferente de apenas e somente.

Ex: No duelo viam-se senão sangue e mortes.

2 Se não: diferente de caso não.

Ex: A casa ficará pronta se não faltar tijolos.
  • Sob e Sobre.
1 Sob: debaixo.

Ex: A criança está sob os escombros.

2 Sobre: em cima.

Ex: Sobre a laje você terá uma vista privilegiada.
  • Acender e Ascender:
1 Acender: pôr fogo.

Ex: Acendeu a fogueira.

2 Ascender: subir.

Ex: Ascendeu ao posto de presidente da empresa.
  • Absolver e Absorver.
1 Absolver: inocentar.

Ex: Absolveu o réu.

2 Absorver: sorver, engolir.

Ex: Absorveu todo o refrigerante em uma golada só.
  • Acostumar e Costumar.
1 Acostumar: contrair hábito.

Ex: Acostumou a mente aos estudos.

2 Costumar: ter por hábito.

Ex: Costuma comprar fiado e não pagar.
  • Viagem e Viajem.
1 Viagem: substantivo.

Ex: Paulo fez a viagem Rio São Paulo

2 Viajem: verbo.

Ex: Paulo viajou à Bahia.



2006-2014..... Luiz Carlos M. Cardoso (Bill)..... © focadoemvoce.com