Versos em Cordel de Zeca de Lita

Dormário: “Eu só me lembro do primeiro verso e do último”.

Seu Zeca (pai de Menininho) escreveu um livrinho de cordel, isso há muitos anos, livro esse que anda perdido.

A Crise do Queta Aí.

O povo perdendo a fé em Deus
Só falava no Paraná
Fica a Bahia atrasada
Que nunca prestou
E nem há de prestar

No final do cordel ele elogiava a Bahia:

Os peões da Bahia
São uns peões escovados
Toma banho todo dia de tarde
E ainda toma vinho quinado.

Quem fez esse romance foi Zeca de Lita
Homem que não tem pensar
Fala dos outros
Mas dele não quer falar
Só porque tem uma chácara de bananeira
Enganado que tá
Por que em tempo de crise
Bananeira não dá.

Versos de Zeca de Lita.

Dormário Viana Cardoso e suas muitas Lembranças.




                                                                                                     Página Inicial